Tecendo o fio de Ariadne com mulheres em situação de gênero

Tecendo o fio de Ariadne com mulheres em situação de gênero

Direção: Luiz Carlos Nascimento; Maria Clara Farias Alves; Nuno Rafael Araújo Baena; e Oswaldo Giovannini

Duração: 16′

Rio Tinto – 2016

A violência de gênero discutida com jovens de duas escolas públicas de ensino médio localizadas nos municípios de Jacaraú e Rio Tinto, na Paraíba.

O vídeo é resultado de um projeto de extensão, que tem como objetivo a abordagem do tema da violência de gênero com mulheres habitantes da Região Metropolitana do Vale do Mamanguape. Utilizou-se a metodologia de oficina pedagógica, abordando o fenômeno da violência, pela pesquisa que se faz através da ação. O eixo estruturador da metodologia adotada fundamenta-se em oficinas de pesquisa, compreendidas como realidades planejadas em que as pessoas têm oportunidade de refletir, discutir, socializar e avaliar determinados temas e situações-problema. As mulheres, a partir de suas reflexões e de suas falas, em processo de catarse, podem ressignificar suas leituras de mundo por meio das oficinas de pesquisa. Nesse sentido, urge visibilizar as mulheres do Vale do Mamanguape e colocar a sua disposição uma rede de conhecimentos, saberes e fazeres, estreitando a relação da Universidade com a Comunidade.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s