Rap nas quebradas

Rap nas Quebradas

Direção: Kélia Viana e Nilson Almino

Duração: 51′

Sobral – 2018

O Documentário apresenta a história do Rap em Sobral, no estado brasileiro do Ceará, e aborda experiências de jovens da periferia da cidade no processo criativo de suas composições, as tendências musicais, a inserção da mulher no estilo e o trabalho fora dos palcos. O foco é a periferia e o engajamento da musicalidade com a política, a denúncia e o trabalho com a comunidade. A produção foi realizada pelo Laboratório das Memórias e das Práticas Cotidianas – LABOME, da Universidade Estadual Vale do Acaraú – UVA.

O filme é resultado de uma série de projetos financiados por agências de fomento e resultou em artigos, e Trabalho de Conclusão de Curso de Ciências Sociais na UVA. Tem relação com a discussão sobre patrimônio cultural relacionado à cidade de Sobral, ampliando a política pública aplicada na cidade pelo IPHAN, que tombou o centro urbano como Patrimônio Histórico Nacional. A meta é mostrar que a cidade é plural e diversificada no que se refere ao seu patrimônio cultural, saindo do centro e visando a periferia. Esta experiência foi produzida de forma compartilhada com o movimento de rappers da cidade que estimularam cenas, sugeriram nomes, lugares e ajudaram na montagem.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s